Putin com um cão
Putin com um cão

Decidimos fazer mais uma lista de coisas que são proibidas na Rússia. São 11 mas podiam ser mais. Algumas são bem aceites em qualquer parte do mundo, outras… longe mas bem longe disso. São bizarras e até estúpidas. Fiquem com elas e se forem à Rússia ver o Mundial 2018, já sabem, ficam já avisados.

  1. Não te podes sentar com idosos ou grávida em pé

Esta é uma regra de ouro em todo o mundo, e que devia ser levada a sério. Porém na Rússia é levado muito a sério. Trata-se de uma prática comum levantar para um idoso ou grávida se sentar. É possível ver alguns homens russos que nem chegam a sentar se houver uma mulher por perto, por exemplo. Uns cavalheiros!

  1. Filmes mentirosos

Queres que um filme histórico seja visto na Rússia? Então conta a “verdade” e nada mais que a verdade. Pelo menos é esse o recado enviado à malta de Hollywood, tendo em conta o veto feito ao Child 44. O filme foi proibido por “distorcer a história”.

  1. Memes

Queres ter mais piada que o Nilon? Esquece lá isso. Não quer dizer que não podes copiar como ele ou como o Tony carreira, mas fazer memes na Rússia é mesmo proibido. Porque fazer estas imagens cómicas, principal se usares uma autoridade pública, como o presidente Putino. Para se ter ideia do quanto este assunto é levado a sério na Rússia, este País tem até um departamento federal, responsável pela supervisão de tecnologia de informação e comunicações. Assim, caso uma personalidade publica se sinta ofendido por alguma brincadeira  online, ela pode abordar este departamento e, este, pode acionar a justiça.

  1. Ring girls de biquíni

E, para a malta que vai ou assiste às lutas só naquele de se babar nas pelas gajas, fica a dica: na Rússia, desde junho de 2015, as raparigas que passeiam com as placas pelos rings não podem mais fazer isto de biquíni. O motivo? De acordo com a World of Boxing, uma das maiores promotoras de eventos de boxe na Rússia e responsável por esta “medida radical”, diz que a intenção é que se respeite o islamismo e outras crenças religiosas no meio das lutas de box.

  1. Serviços online com servidores estrangeiros

Começou nos inícios de 2016, com redes sociais, emails, apps serviços de armazenamento de dados em clouds e outros serviços online só podem atuar na Rússia se os dados dos utilizadores ficarem na Rússia. A lei foi aprovada pelo parlamento russo, em julho de 2014. Sendo que a justificação para isto, é o suposto combate à pirataria e à maior segurança online. Aliás, este último tem estado na agenda mediática dos media por causa informações secretas dos EUA terem sido dadas a conhecer por Edward Snowden.

  1. ONG estrangeira

Desde 2015, o presidente Vladimir Putin pode, por meio da Justiça, decretar quando uma ONG estrangeira é “indesejável” na Rússia, caso apresente alguma “ameaça” à ordem constitucional, à segurança nacional ou à defesa do país. Isso coloca em risco, por exemplo, a atuação na Rússia de ONG como a Anistia Internacional.

  1. Carta de condução para transgénicos e transexuais

Na Rússia, transexuais, transgénicos e pessoas que pratiquem voyeurismo ou exibicionismo, por exemplo, são tratadas como doentes mentais. E a justificação do governo russo é que é para evitar os “altos números de acidentes de trânsito”. Sério?!

  1. Gestos obscenos em público

Desde 2014, existe uma lei que proíbe atos e gestos obscenos na via pública. Portanto, se quiseres mostrar o dedo do meio a algo ou alguém… não vai dar. E podes levar uma multa. Robbie Williams estás a ler? Existe uma lei russa que criminaliza ofensas a religiões é completamente ignorada por tudo e por todos.

  1. Bitcoin

O dinheiro que está a reescrever a história da internet, mas é proibido usar na Rússia. A moeda virtual é ilegal porque pode ser usada para “fazer terrorismo financeiro, para lavagens de dinheiro, além de ser uma moeda paralela à vigente na Rússia”, diz as autoridades daquele país.

  1. Adoção de crianças russas por americanos

Esta lei existe desde 2012. A vantagem é que Putin não inventou nenhuma desculpa esfarrapada para decretar esta lei na Rússia. Segundo ele mesmo, esta foi uma retaliação contra uma lei similar feito pelo Obama.

  1. Propaganda gay

Tudo o que é visto como “uma relação não tradicionais” dá direito a multa. Esta é uma lei que existe desde 2013. Caso haja propaganda na Internet, a defender causa gay e seus similares, haverá punições mais severas. Então ser for um estrangeiro na Rússia a fazê-lo, pode ser punido até 15 dias de prisão. Não esquecer que até 1993, na Rússia, os homossexuais eram considerados criminosos. Hoje, no entanto, são vistos como doentes mentais. Enfim, mais uma estupidez dos russos.