As abadas entre Águias e Dragões
As abadas entre Águias e Dragões

Vamos então falar das abadas entre SL Benfica e FC Porto! Ainda são algumas, mas os resultados de que vamos falar são referentes somente ao campeonato nacional. Excluímos os jogos da Taça de Portugal, Taça da Liga, Super Taça e o já extinto, Campeonato de Portugal. Mais um momento da bet.pt de fazer inveja ao Canal História ou à RTP Memória.

Eis as 15 maiores abadas entre SL Benfica e FC Porto:

5-1: A primeira aconteceu em 1936

Dizem os relatos que o primeiro grande resultado entre estas duas equipas aconteceu no Campo das Amoreiras. A vitória sorriu aos encarnados.

6-0: Águias mandaram em casa

2 de maio de 1937, aconteceu também nas Amoreiras, os encarnados voltaram a levar a melhor sobre os nortenhos.

4-1: A terceira!

Igualmente nas Amoreiras, o Benfica voltou a ganhar ao Porto. A título de curiosidade, Pinga marcou o tento de honra dos nortenhos.

5-2: A vingança azul e branca!

Depois de tantas goleadas, os dragões fazem a primeira: 30 de março de 1941 é a data. Pratas fez um hat-trick no Estádio do Lima.

4-1: Na Constituição!

Correia Dias marcou 3 golos ao Benfica no dia 22 de fevereiro de 1942.

5-1: O regresso encarnado

O Campo Grande foi o palco deste jogo que aconteceu a 10 de maio de 1942.

12-2: A maior de sempre!

Aconteceu no Campo Grande. Estávamos a 7 de fevereiro do ano 1943. Julinho assinou um póquer a favor dos encarnados.

6-3: Onde é que já vimos este filme?

Praticamente um ano depois da goleada anterior, o Benfica voltou ao Campo Grande para ganhar ao Porto, que até começou o jogo a vencer…

 7-2: Mais nove golos marcados!

18 de março de 1945, verificou mais um jogo de resultado desnivelado a favor do emblema da águia.

Duplo 4-0 em 1945 e 1947

Ambos os jogos decorreram no Campo Grande.

O 5-2 mais 0 5-3: Vitórias à moda do Porto!

A década de 50 iniciou uma mudança no que diz respeito aos vencedores das goleadas. O primeiro resultado aconteceu na Constituição. O segundo encontro já aconteceu no Estádio do Futebol Clube do Porto.

4-0: Um para cada lado e assim ninguém chora!

O primeiro foi do Benfica, a 13 de dezembro de 1964, no Estádio da Luz com Eusébio e José Augusto a marcarem dois golos cada. O segundo “4-0” teve como palco o Estádio do Futebol Clube do Porto com um póquer de António Lemos.

5-0: Aí Jesus que baile!

Foi assim que um jornal titulou a exibição e resultado dos dragões, treinados então por André Villas-Boas. Foi o último resultado desnivelado entre estas duas equipas, mas os amantes destes resultados esperam por mais!

Total
149
Partilhas