Lembras-te do Barroso? Era um médio português que fez praticamente toda a carreira, formação incluída, no Braga, e era dono de um senhor pontapé. As bolas pareciam autênticas bolas saídas daquele pé direito!

Barroso num festejo de um golo

Aliás, o professor Jesualdo Ferreira ainda hoje deve sentir suores frios só de se falar deste jogador. Porquê? Porque no treino de estreia nos Guerreiros do Minho levou com uma bola em cheio na cara, tendo ficado vários dias com a cara com um grande hematoma.

Mas há mais vítimas acidentais deste pontapé. Por exemplo, num treino, também em Braga, enquanto treinava livres, o mister Cajuda (um filosofo do nosso futebol que em breve terá aqui uma justa homenagem da nossa parte) mandou fazer barreira, só que ninguém queria ir. Por medo, claro.

Mas o treinador lá insistiu e num livre, o outro médio a equipa, o Paulo Monteiro, levou com a bola e virou-se de costas com a potência do remate. Ficou marcado durante uma semana com os gomos da bola na coxa.

Já quando passou pelo FC Porto, Carlos Secretário foi o “alvo”. Também num treino, o lateral direito tentou intercetar a bola com pé, mas o impacto no lance foi tão forte que rompeu o menisco do joelho. Na altura, Secretário ficou um mês sem jogar.

É verdade, o Barroso passou pelos Dragões entre 1996 e 1998, onde ganhou dois campeonatos, uma Supertaça e ainda uma Taça de Portugal.

Competição que tem por estes dias a segunda mão das meias-finais nesta época 2020/21.

Para finalizar, e porque falámos que o Barroso era um marceneiro. Dizemos que o protagonista deste texto começou a trabalhar aos 9 anos, mas deixou aos 18 porque o Braga acreditou nele. E assim foi.

Pela seleção de Portugal, conta com várias chamadas, mas apenas 1 internacionalização. Conta ainda com mais de 300 jogos na 1ª divisão e cerca de 62 golos marcados.

Se nunca viste o Barroso jogar, procura no Youtube os vídeos com todos os golos deste jogador. Vais adorar.

Já agora um grande abraço ao Barroso aqui da malta da bet.pt e parabéns pela bonita carreira.