Entre 13 de junho e 10 de julho vai jogar-se a edição 2021 da Copa América.

Após as mudanças feitas pela CONMEBOL, devido à Covid-19, o Brasil será o palco deste torneio.

Estádios

Esta competição será disputada em 4 cidades e 5 estádios, com a final a ser disputada no Maracanã. Também o Rio de Janeiro terá o Estádio Nilton Santos.

Da capital Brasilia, temos o Estádio Mané Garrincha. Também a cidade Goiânia e o Estádio olímpico receberão jogos.

Referir que a Arena Pantanal, em Cuiabá, terá jogos nas fases a eliminar desta prova.

Datas de todas as fases

  • Fase de grupos: 13 a 28 junho
  • Quartos de final: 2 a 4 julho
  • Meias-finais: 6 e 7 julho
  • Final: 10 julho

Regras deste torneio

Ao contrário de edições anteriores, a Copa América 2021 não receberá seleções convidadas. Contando apenas 10 países da América do Sul, divididos em 2 grupos de 5 equipas, jogando todos contra todos.

Os primeiros 4 classificados de cada grupo passam aos quartos de final.

No Grupo A teremos Argentina, Bolívia, Chile Paraguai e Uruguai. Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela constituem o Grupo B.

Favoritos para a Copa América 2021?

Dada a falta de jogos recentes, não é permitido uma análise detalhada. Daí que os proximos dados apresentado têm como ponto de partida os desempenhos anteriores.

Brasil

A Seleção Brasileira é sempre favorita nesta prova. O selecionador Tite tem ao seu dispor jogadores que estiveram em bom plano no futebol europeu como é o caso de Neymar e Casemiro.

Depois podemos contar com jovens de muito talento como Vinicius Júnior, Gabigol ou Renan Lodi.

Brasil a vencer @ 1.90

Argentina

Apesar da desorganização da federação argentina, Lautaro Martínez, Franco Armani, Di María e Lionel Messi são jogadores que a qualquer momento podem fazer magia.

Argentina a vencer @ 3.75

Colômbia

James Rodriguez não foi convocado. E a pergunta que todos fazem é simples, até onde irá esta seleção?

Colõmbia a vencer @ 8.00

Uruguai

Está na fase de renovação, com Luis Suárez e Diego Godín a darem lugar a jovens como Ronald Araújo, Arrascaeta ou Matías Viña.

Uruguai a vencer @ 9.00

Chile

Das seleções “outsiders” é a melhor posicionada. Vive também uma fase de transição, onde juventude de Carlos Palacios e a veterana de Cláudio Bravo vivem em harmonia.

Chile a vencer @ 13.00