Cerca de 18 anos depois, o Estádio de São Luis volta a ser a casa do Farense na primeira divisão do futebol em Portugal.

Com quase 100 anos de história, este Estádio foi palco do primeiro triunfo dos leões de Faro nesta época. Vitória por 3-1 frente ao Boavista.

A última partida do Farense no seu recinto a contar para o principal escalão foi a 5 de maio de 2002, diante do do Gil Vicente, então 34.ª e última jornada desse campeonato. Vitória por 3-2 com golos de Hassan(2) e Carlos Costa.

Nos últimos tempos este Estádio modernizou-se. Renovou a iluminação, tem um novo relvado e acessibilidades que o futebol de agora pede.

Imagem área do Estádio atualmente

O que diz a história?

Já se chamou Santo Stadium, em homenagem ao mentor da obra, Manuel Santo, inaugurado em 1923. Recebeu um relvado nos anos 70, altura em que o Farense subiu à 1ª Divisão, tendo sido nos anos 90 que atingiu o melhor período.

Entre 1990 e 2002, a equipa e o estádio – que também recebeu jogos do Mundial de sub20, em 1991 – viveram momentos de glória, onde se incluí uma qualificação para a Taça UEFA.

Foi até chamado de “inferno” pelos adeptos adversários, muito por culpa do intenso ambiente vivido nas “bancadas coladas ao campo”.

Nas épocas seguintes, este clube algarvio viveu uma crise, onde até o futebol foi suspenso.

Em 2007, foi reativado o futebol sénior, com a utilização do Estádio Algarve para os jogos oficiais nos escalões distritais, antes do retorno ao São Luís com a subida e consolidação nas competições nacionais.

Na última década, o jogo com talvez maior assistência foi a vitória ao União de Leiria (2-1), onde o Farense garantiu a subida à 2ª Liga, em 2013.

Atualmente tem uma lotação a rondar os 6.500 espetadores, o São Luís espera voltar a receber pessoas na Liga NOS, mas, face à pandemia, ainda terá de esperar.

Da parte da bet.pt, um forte abraço.