A Roma de José Mourinho e o Tottenham do Nuno Espírito Santo são os grandes candidatos a conquistar a Conference League. Porém, após a fase de grupos caem os terceiros classificados da Liga Europa que podem baralhar as contas para o vencedor.

Esta competição arranca já nesta terça-feira, dia 14 de setembro, já sem qualquer clube a representar Portugal. Santa Clara e Paços de Ferreira estiveram perto do apuramento, mas não conseguiram ultrapassar os adversários que tinham pela frente na qualificação. Apesar disso, há vários treinadores e jogadores portugueses que prometem fazer boa figura nesta prova. Como é o caso de Mourinho, agora na Roma e de Nuno Espírito Santo, que mudou de clube em Inglaterra, e agora lidera o Tottenham.

O que pode acontecer

Após a fase de grupos da Conference League, as contas para se encontrar o vencedor podem complicar, pois “caem” os terceiros classificados dos grupos da Liga Europa. Desta forma, podemos ter clubes a fazer alguma sombra aos italianos e ingleses. A título de curiosidade, tanto Roma como Tottenham não ganham nenhum troféu, se contarmos todas as provas, há 14 anos. Na época 2007/08, os giallorossi conquistaram a 9.ª Taça de Itália, após levarem a melhor na final sobre o Inter Milão por 2-1. Enquanto os spurs venceram a Taça da Liga inglesa pela quarta vez na sua história, após baterem por 2-1, após prolongamento, o Chelsea. Desde aí, os londrinos conseguiram chegar a uma final da Liga dos Campeões na época 2017/18, onde perderam por 2-0 com o Liverpool.

O atual treinador da Roma, comandou o Tottenham entre novembro de 2019 e abril de 2021, e é outro elo entre estes dois clubes. Tendo chegado a uma final da Taça da Liga inglesa em 2020/21. Agora, Nuno Espírito Santos é o novo homem do leme dos Spurs, depois de quatro épocas de grande nível no Wolverhampton, desde o Championship até à Premier League, com passagem pela Liga Europa.

Os Grupos

No Grupo C temos para além da Roma, os ucranianos do Zorya Luhansk, os búlgaros do CSKA Sófia e os noruegueses do Bodo/Glimt, enquanto o Tottenham no Grupo G tem os franceses do Rennes, os holandeses do Vitesse e os eslovenos do Mura. O objetivo destes clubes é vencer os respetivos grupos já que os oito primeiros classificados seguem diretamente para os oitavos de final, enquanto os oito segundos defrontam os emblemas provenientes da Liga Europa nos 16 avos de final.

Chamamos a atenção para cinco grupos da Liga Europa que têm equipas de grande qualidade, nomeadamente o Grupo B que conta com o Mónaco, PSV, Real Sociedad e Sturm Graz. Depois há o C com Nápoles, Leicester, Spartak Moscovo e Légia de Varsóvia. O Grupo D conta com Olympiacos, Eintracht Frankfurt, Fenerbahçe e, Antuérpia enquanto o E tem Lazio, Lokomotiv Moscovo, Marselha e Galatasaray. Por fim, há que destacar o Grupo G que junta Bayer Leverkusen, Celtic, Bétis e Ferencváros.