Tiuí, Derlei e Erwin Sánchez são alguns dos Heróis da Taça de Portugal
Tiuí, Derlei e Erwin Sánchez são alguns dos Heróis da Taça de Portugal

A Taça de Portugal está carregada de histórias. Histórias essas que nos levam a falar de jogadores que marcaram golos ou fizeram aquela defesa, no caso dos guarda-redes, que garantiu a conquista desta competição. É desses heróis que vamos falar. Desses jogadores que ficaram na história e que fizeram os seus clubes conquistar a prova rainha do futebol português – a Taça de Portugal.

Fomos aos manuais da história, onde se incluí todas as edições da Taça de Portugal e fizemos uma lista de 25 jogadores que foram decisivos para conquistar este torneio.  Naturalmente que para aqueles amigos com mais idade e que estejam a ler estas palavras vão soltar, certamente, algumas lágrimas. Outros vão pesquisar para saberem mais destes artistas que fizeram arte e magia na Taça de Portugal.

Vocês já sabem, se faltar algum herói enviem-nos uma mensagem privada ou deixem nos comentários das nossas redes sociais o vosso feedback – que é sempre importante. Vamos então falar dos jogadores que fizeram história na Taça de Portugal.

Eis os 25 heróis que vamos falar da Taça de Portugal

Em 1938/39, Arnaldo Carneiro marcou dois golos diante do Benfica, e deu assim à Académica de Coimbra a primeira Taça de Portugal não só da história da Briosa, mas também da história do futebol português.
Em 1942, o tio-avô do Ricardo Quaresma, o Artur Quaresma, marcou um dos dois golos do Belenenses na Final da Taça de Portugal diante do Vitória de Guimarães.
Três anos, Jesus Correia deu a Taça de Portugal ao Sporting após marcar o único golo do encontro diante da Olhanense. O golo solitário foi apontado aos 86 minutos.
Rogério Pipi, mais conhecido por “Pipi”, foi o herói da final da Taça de Portugal na época 1951/52 ao apontar um hattrick ao Sporting. Marcou o golo do triunfo encarnado aos 90 minutos. Resultado fina: SL Benfica 5 – Sporting CP 4.
Um clássico entre águias e dragões tem sempre agitação à volta. Essa agitação foi transportada para o campo, e resultou na expulsão de um jogador de cada equipa nesta final. Porém, e vamos ao que interessa: o canhoto Cavém foi o herói desta partida depois de marcar o único golo logo no primeiro minuto de jogo.
Silva e Oliveirinha marcaram os 2 golos em pleno Estádio das Antas, diante do FC Porto, fazendo com que o Leixões vencesse em 1961 a única Taça de Portugal da sua história.
A primeira Taça de Portugal do SC Braga foi conquistada diante do Vitória de Setúbal. O único golo desta partida jogada em 1966, foi apontado pelo argentino Miguel Perrichon.
Conhecem um tal de Eusébio? Sim? Então vamos falar dele. Foi herói na edição de 1971/72 depois de apontar 3 golos ao Sporting. Já em 1969, o Pantera Negra tinha dado a Taça de Portugal numa final com a Académica.
Marinho em 1974 foi o herói. Num duelo renhido entre leões e águias, marcou o tento do triunfo verde e branco, após prolongamento.
O “bi bota” Fernando Gomes marcou o único da final com o Braga (54 minutos). Estávamos no fecho da temporada 1976/77.
3 golos desse avançado benfiquista que era conhecido por não sujar os calções deu a Taça ao emblema da Luz numa final com o FC Porto. Sim falamos de Nené e da época 1980/81.
Diamantino com um bis, deu uma Taça do Benfica no de 1987. O adversário foi o FC Porto e o resultado foi 2-1, para as águias.
Jaime Magalhães, outro nome incontornável da história dos azuis e brancos, deu uma Taça de Portugal ao clube do seu coração. Golo solitário aos 82 minutos diante do aguerrido Vitória de Guimarães, na época 1987/88.
Em 1990, Paulo Bento então no Estrela da Amadora, ajudou o clube tricolor a derrotar o Farense numa final entre duas equipas que até então não tinha história na Taça de Portugal.
João Vieira Pinto com dois golos contribuiu e bem para mais um triunfo encarnado diante dos leões (3-1). Esta final da Taça de Portugal decorreu na época 1995/96.
Em 1997, o boliviano Erwin Sánchez marcou dois golos num xeque-mate boavisteiro às águias por 3-2.
Numa final épica a todos os níveis entre o Beira-Mar e o Campomaiorense, valeu o golo de Ricardo Sousa para os aveirenses levantarem a Taça na época 1998/99.
O Ninja Derlei marcou um golo solitário aos 64 minutos que valeu o triunfo ao FC Porto diante da União de Leiria. A época foi a de 2002/03, época essa de boas memórias para os azuis e brancos que venceram também a Taça UEFA aos comandos de José Mourinho.
A lenda viva do emblema sadino, Meyong marcou o golo do triunfo (2-1) diante do Benfica na época 2004/05.
“Tiui, Tiui, Tiui mete a bola dentro, e faz o Sporting ganhar”, era o que muito adepto leonino cantou na altura numa canção inspirada numa música do Iran Costa. Estavam na época 2007/08, e após prolongamento os azuis e brancos perderam a Taça de Portugal com um bis do Tiuí.
O rapidíssimo Marinho deu a Taça de Portugal na época 2011/12, à Académica num golo marcado ao Sporting ao minuto 4 da primeira parte.
Lembram-se da temporada 2012/13? Aos 81 minutos, Ricardo Pereira então às ordens de Rui Vitória deu o triunfo aos vimaranenses num duelo com as águias.
Numa final disputada em 2015, o Sporting empataria o jogo com o Braga (2-2) a escassos minutos dos 90 minutos. Nas grandes penalidades, o suspeito do costume Rui Patrício fez das suas…
Na época passada a vitória na Taça de Portugal sorriu ao Desportivo das Aves. Todos sabemos o que infelizmente aconteceu ao Sporting nessa altura, mas para a história ficam os dois golos apontados pelo Alexandre Guedes.