Pizzi e Rúben Amorim fazem parte desta lista de onze jogadores que estiveram no Benfica e no Braga
Pizzi e Rúben Amorim fazem parte desta lista de onze jogadores que estiveram no Benfica e no Braga

O Benfica e o Braga protagonizam antes do Natal um dos jogos mais importantes na Liga NOS, e como tal é um bom momento para lembrar alguns jogadores que vestiram as camisolas destes clubes. Sabemos que há mais, mas decidimos fazer uma lista de apenas onze jogadores. No futuro, faremos uma segunda parte deste artigo. Os jogadores nesta lista podem não ter sido alvo de troca direta. Desfrutem.

Tiago, médio centro com a formação completada no Braga. Esteve na formação principal dos minhotos entre 1999 e 2001, tendo-se mudado para a Luz na companhia de Ricardo Rocha e Armando Sá. Ganhou uma Taça de Portugal com o Benfica.
Tiago, médio centro com a formação completada no Braga. Esteve na equipa principal dos minhotos entre 1999 e 2001, tendo-se mudado para a Luz na companhia de Ricardo Rocha e Armando Sá. Ganhou uma Taça de Portugal com o Benfica.
Artur Moraes esteve uma época no Braga, onde deu nas vistas. As boas exibições valeram-se a ida para o Benfica, onde foi dono da baliza entre 2011 e 2015.
César Peixoto passou pelo Braga entre 2007 e 2009, acompanhado, logo de seguida, Jorge Jesus no Benfica até 2011. Na carreira ganhou tudo o que havia para ganhar e ainda o coração da Isabel Figueira e da Diana Chaves. Que campeão!
O matador Lima fez história nos dois clubes. Jogou primeiro no Braga, onde fez 40 golos em 98 jogos. No Benfica jogou 144 vezes tendo feito o gosto ao pé em 90 ocasiões.
Pizzi jogou muito pouco no Braga, tendo partido para Espanha, onde não foi feliz. O regresso a Portugal deu-se pela porta do Benfica, onde hoje é figura principal o que lhe tem dado a oportunidade de já ter sido algumas vezes chamado à seleção portuguesa.
Quim, guarda-redes formado no Braga, teve uma passagem de 6 épocas pelo Benfica onde, entre outros troféus, conseguiu o título de campeão nacional. Regressou ao clube do coração, mas foi no Desportivo das Aves que pendurou as luvas com a conquista de uma Taça de Portugal diante do Sporting.
Rafa Silva formado no Feirense transferiu-se para o Braga onde consolidou o seu crescimento. Atualmente a jogar no Benfica está a conquistar um lugar habitual no onze inicial.
Ricardo Rocha veio para o Benfica no mesmo pacote made in Braga, que incluía Tiago e Armando Sá. Este central, que também se adaptou a jogar a defesa esquerdo, teve uma exibição memorável diante do Barcelona em pleno Estádio da Luz. Ronaldinho Gaúcho deu-lhe os parabéns no final desse jogo.
Rúben Amorim apesar de ter feito toda a formação no Benfica, foi no Belenenses que chegou a profissional. Dada a qualidade evidenciada regressou ao Benfica para ser feliz. Vestiu a camisola do Braga durante uma época e meia.
Rui Fonte, atualmente a defender as cores do Lille em França, jogou poucos jogos no Benfica, mas foi no Braga que encontrou aquilo que precisava: tempo de jogo para mostrar a sua qualidade.
Silvio, um lateral polivalente, formado no Benfica. Com as voltas que o futebol dá, chegou a profissional no Rio Ave. As boas exibições valeram-lhe o salto para o Minho. Sempre a evoluir, deu-se o salto para Espanha, com passagens felizes por Atlético de Madrid e Deportivo da Corunha. Regressou a Portugal ao serviço do Benfica.
Total
458
Partilhas