O Mundial de Clubes é uma competição que ao longo dos tempos foi mudando o seu formato.

Inclusive chegou a ter alturas em que a competição não aconteceu. Teve direito a boicotes de confederações e até de equipas por motivos extrafutebol.

Porém não é disso que vamos falar neste artigo. O tema deste artigo é os marcadores de golos.

Sabes quem marcou mais golos nesta competição? A bet.pt explica-te tudo.

Convém referir que para estas contas decidimos incluir todos os formatos desta competição que é o Mundial de clubes.

Desta forma, contamos com a Taça Intercontinental para as contas que fizemos para este artigo sobre o Mundial de clubes de futebol.

Eis os 10 maiores goleadores desta prova

Pelé – 7 golos

Um dos que é visto como Rei do futebol marcou 7 golos em 3 jogos ao serviço do Santos em 1962 (contra o SL Benfica) e 1963 (contra o AC Milão).

Cristiano Ronaldo – 7 golos

O CR7 alinhou pelo Manchester United e anos mais tarde pelo Real Madrid. No total, jogou em 8 encontros no 2008, 2014, 2016 e 2017.

Albert Spencer – 6 golos

Este equatoriano está na história do futebol entrou na história do futebol por ser considerado o melhor goleador da Libertadores com 54 golos. No Mundial, fez 6 golos em 6 jogos pelo Peñarol.

Gareth Bale – 6 golos

O rapidíssimo galês também 6 golos em igual número de jogos. Todos com a camisola do Real Madrid.

Luís Suárez – 5 golos

O avançado uruguaio do Barcelona fez balançar as redes contrárias em 5 ocasiões, disputando somente 2 jogos.

Messi – 5 golos

Também do Barcelona, aparece o astro argentino que fez 5 golos em 5 jogos.

César Delgado – 5 golos

Este ilustre desconhecido made in Argentina fez 5 golos em 6 jogos pelo Monterrey, do México.

Denílson – 4 golos

Em 2009, fez 4 golos em 3 partidas disputadas ao serviço do emblema da Coreia do Sul, Pohang Steelers.

Aboutrika – 4 golos

Este internacional egípcio fez 4 golos em 11 encontros disputados pelo Al Ahly.

Romário – 4 golos

O baixinho marcou 4 golos em 5 jogos divididos entre a camisola do PSV e do Vasco.