Conheces a maldição da camisola 7 do Sporting que começou com o Figo?

Se não sabes, ou não te lembras conhece a história que a bet.pt vai contar-te.

Começou em 1995, após o imbróglio do Luís Figo que tinha assinado com a Juventus e com o Parma. Acabou por sair para o Barcelona. 

Não renovou e os espanhóis tiveram de pagar uma compensação (2M€).

Isto aconteceu antes da lei Bosman.

Nessa época de 1995/96, a primeira pós-Figo, aconteceram duas mudançaas.

Começou a haver três substituições em vez de duas e cada jogador tinha um número fixo. Antes era de 1 a 11.

Foi também a partir daí que, quem ficou com a camisola 7 que era do internacional português foi “amaldiçoado”.

Quem usou a camisola 7 dos leões?

Sá Pinto
Sá Pinto

Entre 1995 e 1997, foi o primeiro a usar este número.

O jogador teve problemas com o selecionador português da altura, Artur Jorge.

Sofreu um castigo pesado e acabou por ser vendido à Real Sociedad.

Iordanov
Iordanov

O avançado búlgaro vestiu o 7 em 1997, sentiu uma súbita falta de força na perna, e depois dos exames foi-lhe diagnosticado esclerose múltipla aos 29 anos.

Jogou mais três anos, foi ao Mundial de 1998 e foi campeão em 2000. Nesta altura já usava o número 9.

Leandro Machado
Leandro Machado

Em 1998/99, este avançado brasileiro fez 15 golos em 38 jogos.

Acabou por sair para o Tenerife e Flamengo depois de ter sido apanhado nas discotecas da moda em Lisboa.

Delfim
Delfim

Em 1999 este médio teve várias lesões que o deixaram vários meses de fora.

Nicolae
Nicolae

Este avançado romeno começou bem.

Fez boa tripla com Jardel e João Pinto. Porém a lesão grave no joelho fez-lhe perder tempo de jogo.

Entre 2003 e 2007, ninguém usou o 7

Izmailov
Izmailov

A primeira época foi boa. Depois vieram várias lesões que o fizeram perder espaço na equipa.

Bojinov

Em 2011/12 foi o búlgaro Bojinov usou este número. Jogou pouco e ficou na memória ter “roubado” um penálti a Matías Fernández para depois falhar.

Jeffren
Jeffren

Este ex-Barcelona, quis trocar o 17 pelo 7 e o resultado foram várias lesões.

Shikabala
Shikabala

Era conhecido como o Messi do Egito.

Fez apenas uns minutos de um encontro na última jornada e saiu com vários problemas disciplinares. 

Joel Campbell

Não fez a diferença no clube e voltou ao Arsenal, de onde veio emprestado.

Rúben Ribeiro

Participou em 18 jogos na meia época em que esteve vestido de leão ao eito (2017/18).

Matheus Pereira

Problemas disciplinares na pré-época ditaram o empréstimo ao FC Nürnberg.

Nos dias de hoje

Rafael Camacho

Atualmente é este o jogador que usa a camisola com “número amaldiçoado”.

Será que vai ter sucesso? Dá a tua resposta na redes sociais da bet.pt quando vires este artigo.