Rui Barros, a formiga atómica que entupia restaurantes em Turim.

Já sabes que nós aqui na bet.pt adoramos boas histórias. Nesta terça-feira há um Juventus – FC Porto, e como tal, nada mais do que oportuno que falar do Rui Barros.

Rui Barros aqui na imagem ao serviço da Juventus

A 22 de Julho de 1988, o português é apresentado em Turim, perante milhares de adeptos da Juve, que o batizaram prontamente por Formiga Atómica.

Com apenas 1,56 metros de altura, Rui Barros foi grande, e teve uma excelente carreira, mas o início não foi fácil.

Porém um Itália – Portugal (0-0), jogo que serviu de qualificação para os Jogos Olímpicos Seul em 88, mudaria tudo. A sua exibição fez o selecionador italiano, Dino Zoff ficar maravilhado. Nesse mesmo ano vai treinar a Juventus, e sugere a contratação do português.

A 22 de Julho, Rui Barros é então apresentado em Turim para milhares de adeptos. “Fiquei assustado”, refere o agora ex-jogador em algumas entrevistas que podemos ler por essa internet fora.

A título de curiosidade, a transferência valeu 630 mil contos (mais de 3 Milhões de euros se fosse hoje) para o FC Porto. O mesmo valor da transferência de Paulo Futre para o Atlético Madrid, no ano anterior.

Fez um total de 88 jogos e 18, para todas as competições. Se formos aos detalhes, na primeira temporada, fez quatro bis. Na segunda, só um e ao Milão.

O jogo da despedida foi com a Fiorentina que lhe valeu a conquista da Taça UEFA. Saiu para o Monaco, no fim da era do treinador Dino Zoff. Atenção que também ganhou uma Taça de Itália nesta mesma época de 1989/90.

Sobre a vida em Turim, afirmou em tempos que era complicado passear porque por vezes “pensava como era possível um Maradona, um Van Basten ou um Gullit saírem à rua. Se fosse a um restaurante, eu, que jogava na Juventus mas era pouco conhecido, tinha de falar com toda a gente. Faziam fila para falar comigo. Até pessoas que não estavam no restaurante, mas ouviam falar lá fora e entravam. Os restaurantes ficavam cheios e faziam fila para falar comigo. Pessoas de todas as idades e nem só adeptos da Juventus. Todos tinham curiosidade”.

Um grande abraço aqui da malta da bet.pt ao Rui Barros.