Falar de Vítor Oliveira, é falar da pureza do futebol. Um homem bom que nos deixou cedo.

Este texto fala da sua carreira e é uma singela homenagem da bet.pt a um dos grandes do futebol em Portugal.

Este grafitti de homenagem pode ser visto no Estádio do Mar, em Matosinhos

O Rei das subidas!

Foram mais de 30 anos de carreira de um treinador que sempre se manteve fora do chamado “estrelato”, apesar de quase todos os anos ser manchete pelo país e pelo mundo.

Muito por causa da história que fez, mas também construiu na Segunda Liga em Portugal.

Falamos do treinador que mais vezes conseguiu promover clubes ao principal escalão do futebol português. Foram 11 subidas no total.

Paços de Ferreira, Académica, União de Leiria, Belenenses, Leixões, Arouca, Moreirense, União da Madeira, Desportivo de Chaves e Portimonense são os clubes que este treinador catapultou para a primeira divisão.

Convém lembrar que depois ter assegurado o 9º lugar no campeonato com o Gil Vicente em 2019/20, Vítor Oliveira estava sem treinar qualquer clube no momento em que nos deixou.

Nesta carreira, foi longa, e igualmente feliz, conquistou 6 títulos de campeão nacional da 2ª Liga nas épocas de 1990/91 com o Paços de Ferreira.

Na temporada 1997/98 foi campeão com o União de Leiria e em 2006/07 com o Leixões.

Em 2013/14 foi com o Moreirense. Na época 2016/17 foi campeão ao serviço do Portimonense.

Por último, na temporada 2018/19, voltou a ganhar a segunda liga portuguesa novamente com o Paços de Ferreira.

Vítor Oliveira é sem dúvida alguma, uma das personalidades que marcam e marcaram o futebol.